Com alta adesão de motoristas, Yet Go inicia serviços

Com baixíssimo custo e promoção marcada ainda para este mês, a empresa Yet Go, uma das principais concorrentes do Uber, começou a funcionar em Cuiabá nesta terça-feira (10). Para as corridas, que tem tarifa fixa de R$ 3,00, serão cobrados na capital R$ 1,70 a cada quilômetro rodado, preço 40% mais barato do que o oferecido por serviços tradicionais. Ao Olhar Direto, o diretor de operações da empresa, Alberto Souza Júnior, explicou que o lançamento foi adiantado em decorrência da alta procura por parte dos parceiros.

De acordo com ele dos 500 cadastros realizados mais 100 já foram aprovados e passam a atuar por aqui. “Fazemos uma seleção criteriosa com análise de documentos, do carro, dos antecedentes criminais do motorista, por isso ainda há centenas de pessoas esperando pela liberação. Ainda assim o número superou nossas expectativas de adesão na cidade. Não contávamos que a procura ia acontecer tão rápido, por isso a plataforma já está funcionando”.

Alberto reforça que os valores chegam a ser 40% mais baratos que os serviços tradicionais e que a empresa não tem interesse em concorrer com os táxis. “Também os aceitamos na plataforma. Quem for utilizar o serviço de táxi pela plataforma tem um preço diferenciado, não utilizamos o preço do taxímetro. Acaba sendo um mercado mais justo que compensa para os dois lados”.

Além das corridas a preços mais econômicos, para o dia 25 de janeiro está marcada a promoção “Yet 10”, na qual os passageiros pagarão R$ 10,00 para qualquer destino na Capital. “Umas duas ou três vezes por mês nós fazemos uma promoção desse tipo, pra incentivar as pessoas.”

Recentemente em entrevista ao Olhar Direto ele afirmou que o serviço auxilia também na criação de empregos para o município, fazendo com que as pessoas tenham mais oportunidades: “Em um mercado com crise, acabamos abrindo a oportunidade para outras pessoas trabalharem. Quando o taxista aceita trabalhar no aplicativo, ele vai utilizar os preços do nosso serviço, que são mais em conta e justos para a população”.

Para ter acesso ao serviço os usuários devem baixar o aplicativo para ir testando e se habituando. As corridas podem ser pagas por meio de cartões e dinheiro. Assim os motoristas já tem acesso ao pagamento na hora, no primeiro caso, e em alguns dias na conta, no caso dos cartões.

Yet Go

A empresa, que é 100% brasileira, já atua em 100 cidades no Brasil, inclusive em todas as capitais, segundo a assessoria. A expectativa é que este número dobre em 2017. O desenvolvimento da plataforma custou 5 milhões de reais. Para chegar no modelo ideal, os criadores da empresa percorreram diversas cidades no Brasil e nos Estados Unidos de táxi ou usando plataformas concorrentes para avaliar os serviços.

Um dos diferenciais, segundo a empresa, é o fato de que o preço chega a ser até 40% menor que nas outras empresas. Além disto, não existe a tarifa dinâmica e não é cobrada a tarifa de cancelamento por desistência da corrida. A plataforma também conta com um 0800 para passageiros e motoristas e o atendimento é 24h. No Yet Go, estão disponíveis carros executivos e comuns.

Franquias


A Yet Go encerra 2016 com 50 franquias, 10 mil motoristas e mais de 50 mil usuários. Os investimentos variam de 100 mil a 1 milhão de reais, de acordo com o número de habitantes da cidade. A fila de espera passa de 400 interessados na operação, segundo a assessoria de imprensa.

A Yet Go pertence a um grupo de investidores do Rio Grande do Sul, Belém e Belo Horizonte e está avaliada em mais de 100 milhões de reais. Eles pretendem abrir o capital da empresa até o fim do primeiro semestre de 2017. O aplicativo gratuito está disponível para Android e iOS.

Artigo publicado originalmente em Olhar Direto