Comunicado de Liminar Yet GO em Belém

A inovação sempre despertou temor em parte da população. Novidades sempre causam desconforto. Quando os serviços de transporte particular de indivíduos se popularizou, enfrentou reação diretamente dos meios de transporte “tradicionais”.

A Yet GO, como pioneira do serviço em Belém, enfrentou por diversas vezes a tentativa de repressão por parte de representantes de diversos segmentos.

Mas ontem, dia 15/02, uma vitória foi conquistada. A 5ª Vara da Fazenda Pública de Belém concedeu uma liminar que garante à empresa e aos seus motoristas parceiros o direito de continuar oferecendo o serviço aos cidadãos da cidade.

Esta conquista reitera a legalidade de nossas ações, estando de acordo com a Constituição Federal e com a recente Política Nacional de Mobilidade Urbana -PNMU, promulgada pela Lei Federal 12.587/12

A autora da liminar, a juíza Valdeíse Maria Reis Bastos, determinou que nenhum órgão ou departamento de trânsito e fiscalização municipal, tem autoridade para praticar quaisquer atos de coerção que possam impedir nossos parceiros de exercerem a atividade de transporte particular, como a apreensão do veículo. Caso aconteça, foi determinado pagamento de multa, estipulada em R$10.000,00 por cada caso registrado.

A Yet GO, enquanto empresa inserida no mercado de mobilidade urbana e desenvolvendo a atividade de transporte particular na cidade, apoia a regulação e aprovação de leis que favoreçam a economia colaborativa, levando em conta o apoio de cerca de 90% da população na capital paraense.

Ressaltamos que jamais nos colocamos como concorrentes. E, sim, como uma alternativa. Dando aos usuários uma nova opção de transporte, e aos motoristas parceiros, uma portunidade de renda, visando o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida, principalmente nos grandes centros urbanos.

  • Iniciei no Yet Go a 2 dias atrás em Belém e gostei bastante da experiência!